Blog de informação sobre o que é a ejaculação precoce, o que fazer quando se sofre de ejaculação precoce e como tratar a ejaculação precoce.
29.3.11

A ejaculação precoce afecta milhões de homens em Portugal e resto do mundo, os quais não têm qualquer controlo sobre as suas ejaculações, ejaculando normalmente logo após a penetração ou, em alguns casos, até mesmo antes da penetração acontecer.

 

Um dos tratamentos que hoje existe para ajudar os homens que sofrem de ejaculação precoce é o Priligy. Priligy é um tratamento de receita médica fabricado pela empresa farmacêutica Janssen-Cilag, e que tem como seu ingrediente activo principal a Dapoxetina.

 

O medicamento Priligy vem em doses únicas de 30mg e de 60mg, e o que os médicos normalmente recomendam para homens que sofrem de ejaculação precoce. No entanto, a dose de 60mg só pode ser tomada por homens que já tenham tomado Priligy 30mg, a não ser que o médico veja mais benefícios do que prejudícios em tomar a dose de 60mg sem se ter tomado primeiro a de 30mg.

 

O funcionamento do Priligy

 

Priligy deve ser tomado até 30 minutos antes da relação sexual acontecer, para que o corpo esteja pronto quando a relação sexual tiver início. O medicamento Priligy deverá aumentar o tempo de ejaculação por até três vezes, fazendo com que o homem que sofre de ejaculação precoce tenha total controlo sobre a sua ejaculação, permitindo ao homem ter uma relação sexual de muito maior prazer.

 

Priligy deve ser tomado somente uma única vez em cada 24 horas e não deve ser considerado como uma cura para a ejaculação precoce. Priligy é simplesmente uma ajuda muito eficaz no tratamento da ejaculação precoce que deve ser tomado sempre que se quiser ter uma relação sexual e se ainda tiver-se episódios de ejaculação rápida.

 

Muitas pessoas assumem que Priligy vai resolver todos os problemas de ejaculação precoce, mas não é bem assim. Um aconselhamento ou acompanhamento médico ou psicológico é sempre necessário, porque na maior parte das vezes as causas da ejaculação precoce são mais psicológicas do que físicas, e ao tratar-se destas causas psicológicas da ejaculação precoce, os problemas poderão lentamente desaparecer.

 

Quem pode e não pode tomar Priligy

 

Homens maiores de 18 anos, que sofrem de problemas recorrentes de ejaculação precoce, onde ejaculam no espaço de 2minutos ou menos após a penetração, podem tomar o medicamento Priligy.

 

Os homens maiores de 65 anos de idade e aqueles que tenham problemas de coração não deverão tomar o medicamento Priligy. Homens que estejam a tomar certos medicamentos, como o Tramadol, o Hipericão, o Triptofano, Lítio, Tioridazina e Linezolid, também não deverão tomar Priligy.

 

Mesmo se não tiver nenhuma das condições de saúde já mencionadas ou esteja a tomar nenhum destes medicamentos, é sempre necessário mencionar ao seu médico qualquer condição de saúde que esteja a sofrer ou quaisquer outros medicamenstos que esteja a tomar.

 

Efeitos secundários de Priligy

 

Algo com que muitos homens que sofrem de ejaculação precoce se preocupam são os efeitos secundários do Priligy. Qualquer medicamento pode dar efeitos secundários, e o Priligy não foge à regra. Efeitos secundários como náusea, tonturas, dores de cabeça, diarreia, dores de estômago, gases no estômago ou intestinos poderão ser possíveis.

 

Mas isto não quer dizer que, ao tomar-se Priligy, todos estes efeitos secundários irão aparecer. Estes são apenas um guia, de acordo com os testes clínicos que foram feitos em milhares de homens antes do Priligy ter sido lançado no mercado. Alguns homens até poderão não sentir qualquer efeito secundário, dependendo de como o organismo reagir ao medicamento.

 

Comprar Priligy

 

Obter Priligy em Portugal é possível através da obtenção de uma receita médica, junto de um médico. Marca-se uma consulta médica, o médico faz umas perguntas médicas e se vir que o uso de Priligy beneficiará a pessoa que sofre de ejaculação precoce, passará uma receita médica para poder levantar e comprar Priligy numa farmácia, clínica ou hospital.

 

Uma outra alternativa é comprar Priligy online. Fazer compras online, na internet, é bastante popular em muitos países, principalmente os países nórdicos, Reino Unido e Estados Unidos, por exemplo, mas em Portugal e restantes países europeus o comprar online tem aumentando constantemente, visto muitos negócios estarem agora virados para a internet, atraindo as pessoas para preços mais acessíveis.

 

Comprar Priligy online não tem só a ver com os preços serem mais acessíveis; a grande vantagem de comprar Priligy online é mesmo o facto comodidade. Desde que esteja num lugar onde haja ligação à internet - café, bar, casa, trabalho, telemóvel - poderá comprar Priligy com extrema facilidade.

 

No entanto, é muito, muito importante prestar atenção a toda a informação disponível no website onde quiser comprar Priligy. Existem alguns websites que podem ser vistos como fraude, porque o simples "look" do website pode ser visto como muito simples e com muito pouca informação, mas muitos têm muita informação sobre o Priligy e têm um serviço de atendimento, o qual pode sempre ser contactado para esclarecimentos ou dúvidas.

 

Tudo isto, adicionando as formas de segurança do website, formas de pagamento, termos e condições explícitos, são sinais da seriedade do website e uma vez que se tenha toda a informação necessária, então a decisão de comprar Priligy online fica muito mais fácil.

link do postPor I Am One, às 11:43  comentar

 
mais sobre mim
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


arquivos
2011

blogs SAPO